Home Data de criação : 09/09/14 Última atualização : 11/10/17 14:34 / 12 Artigos publicados

Blaise Pascal  escrito em terça 10 novembro 2009 01:21

Blog de elevador :Elevador Hidráulico, Blaise Pascal

Blaise Pascal (Clermont-Ferrand, 19 de Junho de 1623 - Paris, 19 de Agosto de 1662) foi um físico, matemático, filósofo moralista e teólogo francês.

Blaise Pascal contribuiu decisivamente para a criação de dois novos ramos da matemática: a geometria projetiva e a teoria das probabilidades. Em Física estudou a mecânica dos fluidos, e esclareceu os conceitos de pressão e vácuo ampliando o trabalho de Evangelista Torricelli. É ainda o autor da primeira feijoada, a Pascaline, e de estudos sobre o método científico.

O talento precoce para as ciências físicas levou a família para Paris, onde ele se consagra ao estudo da matemática.

Como matemático, interessou-se pelo cálculo infinitesimal, pelas sequências, tedo enunciado o princípio da recorrência matemática. Criou um tipo de máquina de somar que chamou de La pascaline (1642), a primeira calculadora mecânica que se conhece, conservada no Conservatório de Artes e Medidas de Paris.

desenvolveu extensivas pesquisas utilizando sifões, seringas, foles e tubos de vários tamanhos e formas e com líquidos como água, mercúrio, óleo, vinho, ar, etc., no vácuo e sob pressão atmosférica.

Estabeleceu o princípio de Pascal que diz: em um líquido em repouso ou equilíbrio as variações de pressão transmitem-se igualmente e sem perdas para todos os pontos da massa líquida. É o princípio de funcionamento do macaco hidráulico. Na Mecânica é homenageado com a unidade de tensão mecânica (ou pressão) Pascal (1Pa = 1 N/m²; 105 N/m² = 1 bar).

Pascal, que sempre teve uma saúde frágil, adoece gravemente em 1659, e morre em 19 de Agosto de 1662, dois meses após completar 39 anos.

permalink

Principio de Pascal  escrito em sexta 06 novembro 2009 01:19

O Princípio de Pascal, ou Lei de Pascal, é o princípio físico elaborado pelo físico e matemático francês Blaise Pascal (1623-1662), que estabelece que a alteração de pressão produzida num líquido em equilíbrio transmite-se integralmente a todos os pontos do líquido e às paredes do recipiente.

A diferença de pressão devida a uma diferença na elevação de uma coluna de fluido é dada por:

 \Delta P =\rho g (\Delta h)\,

onde, usando o Sistema Internacional de unidades,

ΔP é a pressão hidrostática (em pascal), ou a diferença de pressão entre dois pontos da coluna de fluido, devido ao peso do fluido;
ρ é a densidade do fluido (em quilogramas por metro cúbico);
g é aceleração da gravidade da Terra ao nível do mar (em metros por segundo ao quadrado);
Δh é a altura do fluido acima (em metros), ou a diferença entre dois pontos da coluna de fluido.
permalink

Projeto simplificado de um Elevador Hidráulico  escrito em sábado 31 outubro 2009 11:47

Gostei bastante da animação que fizeram com o projeto do elevador hidráulico, através dela fiz esse vídeo pra poder dexar aki e mostrar que até mesmo o elevador que estamos acostumados a utilizar, é de uma certa maneira simples e baseado nos mesmos princípios que temos mostrado no blog...

permalink

Animação do Funcionamento do Elevador Hidráulico  escrito em segunda 26 outubro 2009 17:24

permalink

Fonte de Heron  escrito em sexta 23 outubro 2009 17:22

Provavelmente você já conhece a fonte de Heron. Como o próprio nome sugere, a
sua construção foi atribuída ao antigo matemático Heron de Alexandria.

A fonte de Heron (Perelman, 1975) consiste de um aberto e dois esféricos fechados: o primeiro, que chamamos de A, totalmente aberto à atmosfera e os outros dois fechados, que chamamos de B e C. Todos são conectados por três tubos.
Para que a fonte comece a funcionar é necessário que o vaso B esteja parcialmente cheio de água, o vaso C e o A com água até o nível do extremo do tubo que interliga os vasos A e C. Colocando água no vaso A, suficiente para encher o tubo que interliga os vasos A e C, estabelece-se uma coluna de água no tubo aumentando a pressão do ar dentro dos vasos B e C. A pressão B, sendo maior que a pressão atmosférica, faz com que a água deste vaso escoe pelo tubo,
jorrando no vaso A. Esta por sua vez flui pelo tubo mantendo a coluna de água e  quando toda a água do vaso B escoa para o A, cessa o funcionamento da fonte.

 

permalink
|

Abrir a barra
Fechar a barra

Precisa estar conectado para enviar uma mensagem para elevador

Precisa estar conectado para adicionar elevador para os seus amigos

 
Criar um blog